CERRAR X

Contáctanos

Completa el  formulario, y nos pondremos en contacto.

Gracias! Nos pondremos en contacto.

Oops! Tente novamente

Taller Mucho con Poco São Paulo, 2015

15/8/2015

Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência

Convite Mucho con Poco em São Paulo

Asuntos del Sur, Instituto Mídia Étnica, Periféricos.Jor, Futura Media Union Popular da Mulher, Agencia Solano Trinidade e Update os convida a participar do “Encontro Mucho con Poco” que acontecerá em São Paulo “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”. Este encontro busca gerar um espaço no qual os ativistas que utilizam as tecnologias digitais para terem voz se reúnam, troquem experiências e criem redes de trabalho para o fortalecimento de suas atuações.

Propomos como centro do debate o papel e desafio destas inovações integradas ao contexto específico brasileiro, em que a violência é protagonista. No Brasil a situação é preocupante: a cada 10 minutos uma pessoa é assassinada, sendo que a polícia é responsável por seis mortes em cada 24 horas. Além disso, nos últimos cinco anos, matou 11 mil pessoas. A Anistia Internacional (AI) alerta sobre essa situação e demonstra preocupação com o aumento de mortes cometidas por policiais no país, que na maioria dos casos, mesmo quando associadas à tortura e a maus tratos, não há punição.

No entanto, apesar desta situação, os cidadãos não se calam ou se acomodam, mas o que se observa foi a proliferação de projetos que mediante o uso inovador de ferramentas que estão disponíveis, como a tecnologia, a arte com um sentido político, a atuação em rede, dentre outras, estão fazendo suas vozes serem ouvidas. Desde as margens, onde há menos recursos e as mudanças são mais necessárias, é justamente onde estão ocorrendo ações altamente inovadoras.

A proposta deste evento é trabalhar com esses atores e discutirmos a inovação política e como a tecnologia digital e outras formas de fazer política adquiriram papel predominante nas suas atuações e vem formatando a própria agenda brasileira. Objetiva-se propiciar um espaço de diálogo e construção coletiva, compartilhando experiências e visando aprimorar a criação de uma rede que reúna tais atores com o intuito de ampliar o impacto de seus projetos individuais.

TEMAS:

-Hackear a política,

-Tecnologias para democratizar o poder

-Experiências práticas de inovação política

-Artivismo e novas mídias: a criatividade na participação política e inovação política (protesto e resistência) em contextos de violência

LOCAL:

No dia 14 de agosto, realiza-se um encontro fechado no Centro de Defesa e Convivência da Mulher, onde aproximadamente 30 atores sociais do Brasil e convidados internacionais participarão de um primeiro diálogo com o objetivo de gerar um proceso de articulação, forjando novos vínculos e redes de trabalho conjunto.

No dia 15 de agosto, realiza-se uma oficina gratuita e aberta ao público no Centro Cultural São Paulo. Convidamos a comunidade para discutir temas atuais relevantes, relativos à inovação política latinoamericana, junto aos nossos convidados do Brasil, México, Equador, Argentina e Paraguai.

Será um evento gratuito e aberto ao público, e o convidamos a estar conosco para discutir mais temas e agenda de trabalho.

INSCRIÇÕES:

http://www.asuntosdelsur.org/blog/2015/07/29/inovacao-politica-desde-as-margens-o-uso-da-tecnologia-digital-em-contextos-de-violencia-policial/

Si precisa de mais informaçao mande um email a info@muchoconpoco.org

Mucho con Poco en México, Cuidad de Oaxaca

June 14, 2013

En el marco del proyecto Mucho Con Poco, Asuntos del Sur organizó talleres con jóvenes activistas de todo México. El objetivo de esta actividad es trabajar en conjunto, compartir experiencias y transmitir herramientas a organizaciones sociales que buscan la mejora de la calidad democrática en sus comunidades. La ciudad de Oaxaca en México se convirtió en sede del primer espacio de encuentro y logró reunir a jóvenes de diversas regiones del país, del Distrito Federal, Guadalajara, Puebla, Oaxaca, Jaltepec entre otras. Todos pertenecientes a instituciones sociales diversas que comprendían desde las universidades como la UNAM, ITESO, la Universidad Iberoamericana Puebla, la Universidad Mesoamericana, el Instituto Intercultural Ayuuk, hasta encontrarse miembros de movimientos juveniles como el Movimiento Estudiantil YoSoy132, también participando jóvenes de proyectos en formación como el Proyecto Diarios de la Nación, involucrándose asimismo jóvenes de organizaciones indígenas como Ku’untik.